Entrosamento do time

Ontem a nossa Seleção deu show em campo e contou com o apoio incondicional da torcida que mostrou sua força com a união de mais de 70 mil vozes, cantando o hino nacional do Brasil, na minha opinião foi mais uma prova da força, que a união de pessoas pode provocar, confira os melhores momentos da conquista do tetra campeonato do Brasil na Copa das Confederações, sobre a Espanha por 3 a zero.

Mas na verdade não é sobre nossa seleção que eu gostaria de falar, muito menos entrar nos pormenores e detalhes de futebol, uma paixão nacional que ao menos tempo que causa discórdia, também une diferentes povos para torcer por um mesmo clube, isso é hilário e fantástico.

Vou deixar para os críticos, analistas e profissionais do mundo da bola, para falar do desempenho da Seleção Brasileira e da estrutura do futebol brasileiro no mundo, e que tenhamos muitos ‘jogaços’ com a continuação do Brasileirão 2013.

Meu objetivo com este texto é refletir um pouco sobre a relação de causa-efeito existente entre o time da ponta [vendedores] e o time da retaguarda [suporte], e falar mais sobre “equipes” como no post: Alta Performance.

Putz, mais então porque você começou falando de futebol Thiago?! Bem, é que eu tive um insight para falar desse tema assistindo ao programa Os Donos da Bola na Band que é conduzido pelo @10neto. Eu não me lembro o dia em que assisti a reportagem, mas eles estavam discutindo sobre a demissão do fisioterapeuta Luiz Rosan do São Paulo Futebol Clube.

Rosan estava no São Paulo desde 2003, e havia iniciado a carreira no próprio clube. Em 1998, ele virou integrante fixo da comissão técnica da Seleção, onde trabalha até hoje. Foi o fisioterapeuta, inclusive, um dos idealizadores do Reffis, centro de recuperação de atletas no CT da Barra Funda. – ESPN.com.br com Agência Gazeta Press [link]

O debate durante o programa se volto basicamente não no “porque” este profissional foi desligado do SPFC, mas sim “quem” foi ele para o clube e qual a importância de ter uma boa estrutura de suporte para entregar resultados na ponta, ou seja, dentro de campo.

Qual a qualidade do time de apoio e suporte da sua empresa? 

Reflita por um instante sobre essa questão…

Será que esses profissionais, na sua equipe, estão preparados para resolver os problemas quando eles existirem, e ainda, são reconhecidos pelos demais colegas como peça fundamental para o trabalho na ponta ou são apenas um centro de custo administrativo para a empresa?

Vemos cases disponíveis na internet  e em eventos diversos, que as empresas de sucesso trabalham fortemente na integração das equipes de suporte e retaguarda com a ponta da operação, ou seja, o administrativo com a equipe de vendas. Traçando um paralelo com o futebol é basicamente assim:

Comissão técnica = Retaguarda e suporte

Jogadores = Ponta da operação / Vendedores

Quando entramos nas empresas mudam as pessoas, suas habilidades e suas qualificações técnicas, mas suas funções essenciais são preservadas, e o líder da empresa [treinador] deve estar atento para não entregar a responsabilidade de ganhar o jogo somente para os jogadores, isso porque sem preparo e condicionamento físico, sem falar de outros aspectos inerentes ao esporte, o desempenho em campo será insuficiente para anular as ações do oponente [concorrência] e ainda marcar gols [vendas].

É impressionante quando paramos para observar que o futebol tem absolutamente tudo do mundo empresarial como as empresas também tem do futebol, é meio que aquele dilema de quem veio primeiro, “O ovo ou galinha?” rsrsrs… O fato é que os grandes times brasileiros não são feitos de jogadores apenas, mas sim de uma excelente comissão técnica qualificada para suportar e auxiliar os jogadores quando necessário.

Coloque seus jogadores para fazer gols [vendedores, vendem… Parece lógico, não?!], eles não precisam se preocupar em repor a bola em campo, isso não é trabalho deles e sim do time de suporte. Para concluir, quando sua comissão técnica for vista somente como custo administrativo, tem algo de errado na transferência de valor entre as equipes para trazer resultados.

Pense nisso!!

5 responses to “Entrosamento do time

  1. Gostei do texto, pena a informação e conteúdo não chegar onde devia chegar, abraço meu amigo

    • Um dia eu li um texto que dizia o seguinte: nosso circulo de amizade se encontra a cada 6 ou 7 pessoas que conhecemos.. Será que eh verdade!? Vamos testar essa teoria, vamos compartilhar.. Abs brother..

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s